sábado, 13 de setembro de 2014

Por que não somos o Brasil varonil


Nos meus 68 anos completados ontem, eu já vi esse filme pelo menos duas vezes, com algumas diferenças no roteiro e no estilo dos atores, mas essencialmente o mesmo dramalhão – ou tragédia! O povo insatisfeito com tanta corrupção, serviços de má qualidade, carestia, insegurança e dúvidas quanto ao rumo a dar ao país. Mas quer mudanças! Quais? Aí vem um “salvador da pátria”, um “messias”  que a tudo promete dar jeito e a todos contentar, varrer a corrupção e pôr ordem na casa, com justiça e equidade.  Anteontem foi o discurso moralista do “homem da vassoura”, ontem o do “caçador de marajás”. Discursos de apelo altamente emocional, sem alicerce partidário e político. Deu no que deu.


O candidato faxineiro
O caçador de marajás















Hoje estamos vivendo outra onda emocional; o discurso agora é o da “nova política”.
Não estou comparando Marina aos ex-presidentes Jânio Quadros e Fernando Collor. Não! A moça até me parece decente, imaculada mesmo, e leve como folha seca ao sabor do vento. E não digo isto em referência ao seu porte macilento e frágil. Refiro-me ao vai-e-volta, às contorções orgânicas de lagarta na metamorfose para livrar-se das próprias contradições e alçar voo de borboleta, encantando a gregos e troianos. Nisto creio que teve por mestre o Lula, que fazia o mesmo na campanha de 2002, dizendo nos sindicatos o que os operários queriam ouvir, e nos patronatos o que desejavam ouvir os patrões.


Os sonháticos

Marina foi guindada a cabeça de chapa por uma tragédia inesperada. Não estava e não está preparada. Por seu perfil, encarnou o clima de insatisfação e protesto difuso e confuso – contra tudo isso que está aí -  que se viu nas ruas em junho de 2013. Não construiu um discurso; o discurso estava pronto, esperando apenas por um “messias”. Terá condições de o levar à prática? E que “nova política”, se cairá no colo do PT?
Escrevo estas linhas com pesar e desalento. Ainda somos um povo que deseja e espera por um messias salvador capaz de tornar real toda utopia. É o nosso Brasil pueril. Temo que serão mais quatro anos perdidos!

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Falando em socialismo…


Encontrei este texto na casa de um amigo e considerei-o interessante e engraçado. Repasso-o para vocês.

Professor reprova classe inteira
Um professor de economia em uma universidade americana disse que nunca havia reprovado um só aluno, até que certa vez reprovou uma classe inteira.
Esta classe em particular havia insistido que o socialismo realmente funcionava: com um governo assistencialista intermediando a riqueza ninguém seria pobre e ninguém seria rico, tudo seria igualitário e justo.
O professor então disse, “Ok, vamos fazer um experimento socialista nesta classe. Ao invés de dinheiro, usaremos suas notas nas provas”.




Todas as notas seriam concedidas com base na média da classe, e portanto seriam “justas”. Todos receberão as mesmas notas, o que significa que em teoria ninguém será reprovado, assim como também ninguém receberá um “A”.
Após calculada a média da primeira prova todos receberam “B”. Quem estudou com dedicação ficou indignado, mas os alunos que não se esforçaram ficaram muito felizes com o resultado.
Quando a segunda prova foi aplicada os preguiçosos estudaram ainda menos – eles esperavam tirar notas boas de qualquer forma. Já aqueles que tinham estudado bastante no início resolveram que também se aproveitariam do trem da alegria das notas. Como resultado a segunda média das provas foi “D”. Ninguém gostou.
Depois da terceira prova a média geral foi “F”. As notas não voltaram a patamares mais altos e as desavenças entre alunos, palavrões e busca de culpados, passaram a fazer parte da atmosfera das aulas daquela classe. A busca por “justiça” tinha sido a principal causa das reclamações, inimizades e senso de injustiça que passaram a fazer parte daquela turma. No final das contas ninguém queria mais estudar para beneficiar o resto da sala. Portanto, todos os alunos repetiram aquela disciplina… Para sua total surpresa.




O professor explicou: “O experimento socialista falhou porque quando a recompensa é grande o esforço pelo sucesso individual é grande. Mas quando o governo elimina todas as recompensas ao tirar coisas dos outros para dar aos que não trabalharam por elas, então ninguém mais vai tentar ou querer fazer o seu melhor. E completou a aula:
1. Você não pode levar o mais pobre à prosperidade apenas tirando a prosperidade do mais rico;
2.Para cada um recebendo sem trabalhar, há uma pessoa trabalhando sem receber;
3. O governo não consegue dar nada a ninguém sem que tenha tomado de outra pessoa;
4. Ao contrário do conhecimento, é impossível multiplicar a riqueza tentando dividi-la;
5. Quando metade da população entende a ideia  de que não precisa trabalhar, pois a outra metade irá sustentá-la, e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar aquela, então chegamos ao começo do fim de uma nação.

É como dizia Margaret Thatcher: o socialismo acaba quando acaba o dinheiro dos outros.

domingo, 13 de julho de 2014

Besteirol padrão FIFA


Nem vou comentar, meus neurônios não aguentam…

Excerto de matéria publicada no site do PCO – Partido da Causa Operária – (www.pco.org.br), sobre o jogo Brasil x Alemanha, no Mineirão.
Segundo o PCO, a derrota da Seleção brasileira…
…”Foi preparada pela direita nacional organizada pelo imperialismo, pelos monopólios capitalistas do esporte, pela imprensa “nacional” (vendida para o capital estrangeiro) e, inclusive pela esquerda pequeno-burguesa que trabalha a serviço da direita como o Psol, o PSTU e outros grupos menores do mesmo quilate.”

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Barbie procura emprego


“Já tive mais de 150 carreiras, mas minha verdadeira missão permanece – encorajar gerações de garotas a não pôr limites em suas ambições”
Esta é a declaração da anoréxica Barbie ao lançar o seu perfil no Linkedin, a rede social de relacionamentos profissionais. Será que procura emprego, depois de tantas carreiras de sucesso? Na verdade está procurando garantir mais uma carreira, e tantas outras mais, já que é bastante eclética e para pouco nos empregos.




É incrível até onde vai o marketing nutrir-se na fantasia das pessoas! Iludir-se é viver!




Ambicionar sem limites. Vale tudo, portanto. Esta é a mensagem de Barbie às garotas.




Embora eu não pertença ao público-alvo da Barbie, também quero soltar a minha ambição; não estou no Linkedin, mas se a menina pode conhecer os meus anseios (e tudo é possível no Reino da  Fantasia), ambiciono tê-la como faxineira na minha casa: salário mínimo mais vale-transporte. Topas, querida?

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Sandices padrão FIFA


A taça humana - obra da artista britânica Emma Allen
Na última sexta-feira, enquanto Rita levava Yasmin a passear na praça, entrei num barzinho próximo de casa e pedi uma cerveja de 300 ml. Não tenho por hábito parar em bares; quando desejo beber, compro uma ou duas cervejas e levo-as para casa, onde as faço acompanhar de algum tira-gosto preparado por Rita. Mas sempre há a exceção que confirma a regra.
A televisão de leed transmitia o jogo Honduras x Equador, de pouco interesse, mas sempre uma distração para olhos desocupados. Conversava com um vizinho sentado a uma mesa.
Nisto entra um senhor, provavelmente da vizinhança, que também passou a degustar uma cerveja, de pé, com os olhos presos na televisão. Após uma rápida aparição do logotipo da Copa, perguntou-me o senhor:
- Sabe o que significa isso… como chama…?
- O logotipo da Copa?
- É, o logotipo, sabe o que significa?
Olhei-o meio incrédulo, já que penso não haver dúvida sobre o significado de tal logotipo – três mãos sustentando ou agarrando uma bola de futebol ou o globo terrestre – inspirado na própria taça do certame mundial.
O homem inquiria-me com ligeiro sorriso e brilho nos olhos, como se fosse detentor de um segredo ou novidade muito interessante, e parecia antecipar o gozo ante a minha surpresa diante da revelação iminente.
- Esse logotipo significa o Chico Xavier com a mão espalmada no rosto, postura habitual quando psicografava as suas mensagens…
- !!!!!!!!
Fingi acreditar na sandice. Nada contra a fé espírita, muito menos contra a grande alma que foi Chico Xavier. Que Deus o tenha em sua glória!
O que me espanta é a crença absoluta e cega em lorotas, como se as tais fossem a expressão da mais pura verdade! E olhem que o homem tinha algum preparo, não era um simplório semi-analfabeto. Nem estava empenhado em qualquer tipo de campanha de convencimento, como aquele outro homem, conhecido de todos, que durante a convenção do PT para oficializar, no último sábado, a candidatura da presidente Dilma à reeleição, declarou, referindo-se à seleção inglesa: “É a primeira vez que uma equipe de futebol perde por excesso de qualidade dos nossos estádios. A Inglaterra não estava acostumada a jogar em um campo da qualidade dos que temos aqui.”.
Ora, meu caríssimo Lula! V. Senhoria já foi melhor nessas tiradas futebolísticas! Faça-me o favor!
E o pior é que tem gente que acredita. Isso me espanta e me amedronta.

terça-feira, 3 de junho de 2014

Vô Tônico solta o verbo!


NUNCA ANTES NESTE PAIZ HOUVE TANTA CORRUPÇÃO, TRÁFICO DE INFLUÊNCIA E DESVIO DE RECURSOS PÚBLICOS!

O que está havendo é uma coisa, e esta coisa é o seguinte: nunca antes neste país a polícia federal investigou tanto e prendeu tanto; é esta coisa que acontece, diz a companheira- presidenta.

Me engana, que eu gosto!

Lembram-se do Celso Daniel, prefeito petista de Diadema, cujo assassinato ficou até hoje muito mal esclarecido e deixou em polvorosa próceres do PT? Um pouco antes da primeira eleição do companheiro Lula?

Pois o Celso morreu porque era “honesto”. Não se conformou que os operadores do seu partido estivessem desviando para o próprio bolso parte da grana arrecadada das empresas de ônibus do município e que se destinava ao caixa 2 do PT, para financiamento de campanhas eleitorais. Este foi o primeiro caso que veio a público, mas o esquema já rolava antes em outras prefeituras do PT. E parece que o Celso foi o primeiro e único que morreu desta causa.

Mas o PT não inventou a corrupção! Ela sempre existiu nesse país!

Certíssimo, companheiro, certíssimo!

Lembram-se dos sanguessugas do Ministério da Saúde? Esse ninho de vermes nojentas já existia embrionariamente desde o ministro José Serra. O PT chegou e descobriu os corruptos. Denunciou e puniu os envolvidos? Não! Apropriou-se do esquema e ampliou-o!

O PT PRECISAVA DE DINHEIRO, MUITO DINHEIRO, PARA FINANCIAR O SEU PROJETO REVOLUCIONÁRIO, O SEU “PLANO B”, NUNCA ADMITIDO, MAS SEMPRE PRESENTE NA PENUMBRA DO PODER PETISTA!

E VEIO O “MENSALÃO”, UMA TENTATIVA DE COOPTAR/SUBJUGAR O CONGRESSO POR MEIO DE PROPINA. ISTO ERA NECESSÁRIO PARA IMPLEMENTAR “DEMOCRATICAMENTE” O PLANO B. DEU NO QUE DEU! E AINDA TEMOS DE AGRADECER AO DELATOR ROBERTO JEFERSON!

MOTIVOS HAVIA DE SOBRA PARA UM PROCESSO DE IMPEACHMENT CONTRA O PRESIDENTE, MAS A OPOSIÇÃO JULGOU NÃO VALER A PENA O DESGASTE, UMA VEZ QUE LULA ESTAVA ACABADO: ERA SÓ DEIXAR QUE SEU MANDATO TERMINASSE: NÃO SERIA REELEITO.

MAS O PRESIDENTE DISSE QUE NÃO SABIA DE NADA, TERGIVERSOU, CHAMOU OS COMPANHEIROS DE ALOPRADOS – COITADINHOS, DIGNOS DE PENA. E O POVO ACREDITOU! E SEUS ÍNDICES DE POPULARIDADE SÓ AUMENTARAM!

PARALELAMENTE, APARELHAVA-SE O ESTADO, AUTARQUIAS, AGÊNCIAS REGULADORAS, EMPRESAS PÚBLICAS, TUDO! POBRE PETROBRÁS!

E PROMOVIA-SE UMA MAIORIA PARLAMENTAR ATRAVÉS DO MÉTODO DO “TOMA LÁ DÁ CÁ”, JÁ QUE A PROPINA DO MENSALÃO ACABARA NO STF.

E A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA FICOU CADA VEZ MAIS EMPERRADA.

SÓ NÃO EMPERRARAM OS ESCÂNDALOS DE CORRUPÇÃO, CADA VEZ MAIS FREQUENTES E ATERRADORES! COMO NUNCA SE VIU NESTE PAÍS! NEM EMPERRARAM AS CAMPANHAS PUBLICITÁRIAS.

Tudo pelo plano B e, é claro, algum dinheirinho sempre vai para o bolso dos operadores, que ninguém trabalha de graça nem é “honesto” como o Celso Daniel.

ESTE PLANO B, A MAIORIA DE VOCÊS JÁ CONHECE; FOI DENUNCIADO PELO JURISTA IVES GANDRA NO PROGRAMA DO JÔ SOARES, CUJO VÍDEO ANDA ROLANDO NAS REDES SOCIAIS E NO YOUTUBE.




E AGORA VEM A COMPANHEIRA-PRESIDENTA COM UMA NOVA METODOLOGIA GERENCIAL, AS “COMISSÕES POPULARES”, INSTITUÍDAS POR DECRETO!

Estas comissões terão por função discutir/opinar/sugerir/propor políticas públicas em todos os órgãos da administração pública. A presidenta já havia tentado emplacar, após as manifestações de rua de junho de 2013, uma assembleia constituinte exclusiva para tratar de reformas – não aceita pelos parlamentares. Agora dribla o Congresso por meio de um decreto!


ESTAS COMISSÕES POPULARES NADA MAIS SÃO QUE UMA FORMA DE DEMOCRACIA DIRETA, PONDO PARA ESCANTEIO O CONGRESSO, QUE FICA SEM FUNÇÃO.

E NEM ORIGINAIS FORAM; O CHAVES FEZ ISTO NA VENEZUELA, POR MEIO DOS REFERENDOS POPULARES!

E QUEM SERÃO OS POPULARES CONVIDADOS PARA COMPOR ESTAS COMISSÕES? SOMENTE AQUELES QUE REZAM PELA MESMA CARTILHA, QUE TÊM O MESMO PENSAMENTO E OBJETIVOS DO GOVERNO, COMO AQUELE RAPAZ QUE AMEAÇOU O JOAQUIM BARBOSA À SAÍDA DE UM RESTAURANTE, E QUE DEPOIS SE SOUBE PERTENCER À COMISSÃO DE ÉTICA DO PT!

E POR QUE NÃO DEMOCRACIA DIRETA, SE OS NOSSOS PARLAMENTARES SÃO UMA CAMBADA? PORQUE FICAM SEM QUALQUER REPRESENTAÇÃO OS OUTROS BRASILEIROS QUE NÃO COMUNGAM PELA MESMA CARTILHA E QUE – MAL OU BEM – SÃO REPRESENTADOS PELOS PARLAMENTARES DE OPOSIÇÃO. ADEMAIS, UM PROCESSO DESTE TIPO  É FACILMENTE MANIPULÁVEL POR MEIO DE PROPAGANDA OFICIAL.

E ESTE DECRETO JÁ FOI ASSINADO, GENTE – NÃO ESTOU FAZENDO TERRORISMO POLÍTICO!
E AGORA NÃO TEREMOS O JOAQUIM BARBOSA NO STF, QUE VAI SE APOSENTAR. O NOVO PRESIDENTE SERÁ O LEWANDOWSKI.

ESTÁ TUDO DOMINADO!

SÒ FALTA A COMPANHEIRA DILMA SE REELEGER EM OUTUBRO. DEPOIS VIRÁ A NOVA LEI DE MEIOS (NA INTERNET JÁ ESTÁ FUNCIONANDO), A LEI DE “CONTROLE SOCIAL DA MÍDIA”, OU SEJA, CENSURA AOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO! (desde sempre no programa do PT). E NÃO TENHAM DÚVIDAS QUE O FARÁ, AGORA QUE PERDEU A VERGONHA COM ESTE DECRETO!

POR ESSA E POR OUTRAS TAMBÉM PERDI A MINHA, PORTANTO ABRO O VERBO.

E POR FALAR EM REELEIÇÃO, VIRAM O PROGRAMA ELEITORAL DO PT? PRODUÇÃO DIGNA DE HOLLYWOOD! COM DIREÇÃO DO MARQUETEIRO JOÃO SANTANA E PRODUÇÃO ESMERADA (COM MUITO DINHEIRO!)DOS COMPANHEIROS PETISTAS!

ESTÁ TUDO DOMINADO!

E NÃO SE ILUDAM, MEUS QUERIDOS, DITADURAS NÃO PRESTAM! TANTO FAZ AS DE DIREITA COMO AS DE ESQUERDA.




PS: Esta história não tem novidades nem surpresas, vocês a conhecem – ela passou na imprensa  e na televisão ao longo destes 12 anos. Eu só juntei as partes e fiz uma síntese; lembrei-a para quem já esqueceu.